quarta-feira, 30 de março de 2011

Acre vai receber R$ 10 milhões para dobrar produção de preservativos

Ministro da Saúde garante a Tião Viana recursos para a fábrica de Xapuri, combate à dengue e ao câncer de mama e colo de útero


Governador Tião Viana com o Ministro da Saúde
O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, garantiu ao governador Tião Viana, em audiência na capital federal, a liberação de R$ 10 milhões para duplicar a produção de preservativos da fábrica de Xapuri, que passará de 100 milhões para 200 milhões de unidades por ano. 

Na audiência que concedeu na noite desta terça-feira, 29, ao governador e aos senadores Jorge Viana (PT-AC) e Anibal Diniz (PT-AC), o ministro da Saúde também garantiu novo repasse de recursos para o governo prosseguir na sua luta vitoriosa de combate à dengue no Estado. Ao todo, segundo o governador, o Ministério da Saúde já assegurou R$ 5,4 milhões para combater a doença, cujos índices de contaminação já foram reduzidos de forma significativa.




Ao falar dos R$ 10 milhões que irá liberar para a fábrica de Xapuri, Alexandre Padilha disse que esses recursos vão duplicar a produção de preservativos, melhorar a geração de renda e colocar o Acre na ponta da inovação tecnológica. Segundo Padilha, seu ministério vai continuar assumindo o compromisso de comprar toda a produção da fábrica.

O ministro também garantiu que o Acre terá forte ajuda para ampliar sua rede de tratamento do câncer de cólon de útero e do câncer de mama, além de fortalecer sua rede de assistência à saúde materno-infantil dentro do programa da Rede Cegonha, lançado recentemente pela presidente Dilma Rousseff.

“Vamos fazer centro de tratamento no interior do Acre. Vamos reforçar os investimentos que já existem para tratamento do câncer de mama e de colo de útero na capital do Estado”, disse Padilha. Segundo ele, através dos investimentos da Rede Cegonha, o governo vai fortalecer a assistência materno-infantil do Estado construindo centros de partos normais e ampliando as UTIs maternas e UTIs neonatais. “O Acre e todos os outros Estados da Amazônia Legal são prioritários nos investimentos do combate ao câncer das mulheres e nos investimentos para a proteção das gestantes e das crianças”, destacou o ministro.
Audiência com resultado excepcional
O governador Tião Viana classificou como “excepcional” o resultado da audiência com o ministro da Saúde. “Alexandre Padilha é um amigo do Acre, um amigo da Amazônia, que tem assumido posições de muita coragem pela saúde pública do Brasil.”

Segundo Tião Viana, quando o ministro e a presidente Dilma defendem o combate ao câncer de mama e do colo de útero, o programa da Rede Cegonha para dar mais assistência às mães grávidas e às crianças e o programa de distribuição de remédios para diabetes e hipertensão, estão dando grandes passos em favor da saúde pública do Brasil.

“Ele [Padilha] abraça o Acre à medida que está oferecendo a oportunidade que nós pedimos para dobrar a produção da fábrica de preservativos de Xapuri, para que a população tenha mais emprego e renda e possa promover saúde pública na prevenção de doenças sexualmente transmissíveis. Ao mesmo tempo, está assegurando R$ 5,4 milhões para a luta vitoriosa que nós estamos tendo contra a dengue”, destacou o governador.

O senador Jorge Viana afirmou que ele e o senador Aníbal Diniz saíram “muito satisfeitos” do Ministério da Saúde com a liberação de mais recursos para o combate à dengue e os R$ 10 milhões que vão permitir ampliar a renda e o número de empregos com a duplicação da produção da fábrica de preservativos de Xapuri.

“Isso significa mais dinheiro para o seringueiro, mais emprego para o Acre e mais saúde para o nosso povo enfrentar a Aids e outras doenças. Então, é uma conquista do governo do Tião, com o apoio da presidente Dilma. Eu e o Aníbal, que estamos aqui com o Tião, saímos daqui muito contentes. Há também mais recursos para enfrentar a dengue e outros problemas que atingem o nosso povo”, disse o senador.  
ANA
Postar um comentário