terça-feira, 12 de abril de 2011

Cheia do Rio Acre deixa 89 famílias desabrigadas e um desaparecido

Moradores de oito bairros de Rio Branco foram atingidos pela cheia. Segundo a Defesa Civil, o nível do rio já alcança 15,12 metros na capital.

Enchente do Rio Acre
Moradores de oito bairros na região central de Rio Branco foram atingidos pela cheia do Rio Acre, que cruza a cidade. De acordo com a Defesa Civil, o nível do rio já alcança 15,12 metros - dez acima do nível normal.

Um rapaz que tentou nadar no rio com outros dois amigos foi levado pela correnteza no domingo (10). Equipes trabalham nas buscas pelo jovem.

O major Gilvan Vasconcelos, coordenador da Defesa Civil de Rio Branco, explicou que 89 famílias foram atingidas pela enchente e estão desabrigadas. Elas foram levadas para um acampamento improvisado nos galpões do parque de exposições da cidade.

“Mais 40 famílias vão ser retiradas das áreas de risco hoje e levadas para o abrigo. Cada centímetro que o rio sobe, por cruzar a cidade, ele afeta os moradores”, afirmou Vasconcelos.

O major conta que ficou surpreso com a cheia do Rio Acre em abril. “Historicamente, o nível do rio nunca ficou tão alto no mês de abril. Choveu muito na nascente do rio, no Peru, e estamos sentindo as consequências aqui. Mas, creio que agora a tendência é que o rio volte ao normal”, disse.
Postar um comentário