segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Supermercados vão reduzir uso de sacolas plásticas


(Foto:Sérgio Vale/Secom)


Uma pequena compra num supermercado basta para que a maior parte dos clientes volte para casa com as mãos carregadas de sacolas. Aparentemente não há problema nenhum nisso. Aparentemente. Mas, ambientalistas avisam que a sacolinha plástica é uma vilã e demora até  400 anos para se degradar na natureza. Além disso, causa a poluição de rios, entupimento de bueiros e tantos outros transtornos.
Para evitar que danos maiores sejam causados ao meio ambiente, o governo do Acre, por meio da Secretaria de Meio Ambiente (Sema), assinou com a Associação de Supermercados do Acre (Asas) na tarde desta quarta-feira, 7, um Termo de Cooperação Técnica.
A partir da assinatura desse documento, os supermercados afiliados a Asas deverão, no prazo de seis meses, iniciar campanhas para estimular o uso de sacolas ecológicas, carrinhos de feira e caixas de papelão para que os clientes levem suas compras.
O secretário de Meio Ambiente, Edgard de Deus, afirma que essa é  uma iniciativa louvável por parte da Associação dos Supermercados do Acre, ao buscar essa parceria com o governo do Estado, e que vai iniciar uma ampla campanha de conscientização na população.
“Precisamos levar ao conhecimento da população a importância de reduzir o uso desse tipo de material, substituindo as sacolas plásticas por caixas de papelão, sacolas de tecido ou o carrinho tradicional de levar a feira. Com isso, vão evitar que o plástico não polua mais o meio ambiente”, pontuou Edgard de Deus. ANA
Postar um comentário