quinta-feira, 7 de julho de 2011

Quanto maior o prazo, mais longa a espera por uma decisão

A votação do Código Florestal vai ficar para o fim do ano. Em reunião com a ministra Ideli Salvatti (Relações Institucionais), os senadores que presidem as comissões pelas quais a proposta deve tramitar antes de chegar ao plenário informaram a Ideli sobre os planos para a proposta na Casa. Os pontos de maior conflito são com relação à autonomia para os estados criarem normas específicas para os biomas regionais e a flexibilização das áreas de proteção. 

A preocupação é que os senadores não sigam o exemplo dos deputados e deixem a análise para a última hora. O texto precisa ser votado novamente pela Câmara antes de 15 de dezembro, quando a prorrogação do decreto de anistia aos desmatadores chega ao fim.
Postar um comentário